Sala Lilás vai reforçar atendimento à mulher em Marituba

0

 

Marituba será o primeiro município do Pará a instalar a Sala Lilás, um espaço reservado para atendimento especializado e humanizado às mulheres vítimas de violência física e sexual. A informação foi confirmada nesta sexta-feira, 13, pela deputada estadual Michele Begot (PSD), durante a sessão especial em homenagem às mulheres de Marituba promovida pela Câmara de Vereadores.

“Depois de inaugurada, as mulheres de Marituba terão um ambiente acolhedor e serão atendidas por uma equipe multidisciplinar composta por policiais, assistentes sociais, entre outros profissionais”, informou a deputada. Ela acredita que essa iniciativa, que já vem sendo tomada em vários estados brasileiros e será adotada nas seccionais de Polícia da região metropolitana, é fundamental para estimular as mulheres a denunciarem os agressores sem passar por constrangimentos.

Iniciativas como essa vão ao encontro das reivindicações das mulheres paraenses por políticas públicas que lhes assegure proteção social, quando estão vulneráveis. Esta é uma das bandeiras do Movimento Afrodescendente do Pará (Mocambo). Antônia Macedo, integrante do Mocambo, também esteve na sessão especial alusiva ao Dia Internacional da Mulher e reconheceu a atuação da Prefeitura de Marituba no atendimento às causas da mulher.

“Fico extramente feliz em ver que a Prefeitura de Marituba está atuando em parceria com o movimento de mulheres criado no município, com a finalidade de garantir políticas públicas para todas nós”, disse Antônia.

A sessão foi proposta pelos vereadores Allan Besteiro e João Pereira, em parceria com o Movimento de Mulheres “Todas Por Todas”. De acordo com Besteiro, a iniciativa não visa apenas celebrar o Dia Internacional da Mulher, transcorrido em 8 de março. Também serve para alertar contra a violência e a discriminação que, ainda hoje, afligem o sexo feminino.

“Os crimes horrendos que aconteceram em Marituba nos últimos meses serviram para colocarmos em pauta novamente a criação de políticas públicas que combatam à violência contra a mulher, tendo em vista que desde 2017 estamos apresentando requerimentos para beneficiar todas as mulheres do município”, disse o vereador. “A atual gestão municipal e o movimento Todas Por Todas estão de parabéns pelas ações desenvolvidas na cidade e que buscam gerar sororidade, poder e força para as mulheres de Marituba”, completou.

O vereador João Pereira disse que também apoia as lutas das mulheres de Marituba. “Estamos acompanhando diariamente a incansável busca de valorização, respeito, igualdade e reconhecimento das mulheres”, disse. “Junto com o poder executivo municipal iremos trabalhar para erradicar todas as formas de violência e preconceito contra as mulheres maritubenses”, destacou.

A deputada Michele Begot parabenizou as mulheres presentes no plenário pela participação no processo de construção de políticas públicas e enfatizou o compromisso do prefeito Mário Filho com o movimento feminino. “Sinto-me honrada em representar a população de Marituba na Assembleia Legislativa do Estado, em especial as mulheres, que lutam constantemente pela valorização das suas vidas e de seus direitos”, afirmou. “Em conjunto com a Prefeitura de Marituba solicitamos ao governador Helder Barbalho a implantação da Sala Lilás, que em breve será aberta e fará com que a cidade se torne referência no combate à violência contra a mulher em todo o Pará”, concluiu.

O evento também contou com a presença do presidente da Câmara de Vereadores, José Bonifácio (Boni); da vereadora Sandra Cristina (Chica); da ex-deputada estadual Aracely Lemos; da secretária de Educação, Kátia Santos; do secretário de Segurança Pública e Mobilidade Urbana, Ádamo Silva; da diretora da Gestão de Apoio à Educação Especial e Inclusiva (Gapei), Vera Lúcia Bíscaro; da presidente da Fundação Pará Paz, pastora Ray Tavares; da promotora de justiça Lucinery Ferreira; e de outras lideranças femininas do município.

COMPARTILHAR:

Os comentários estão fechados.


Acessibilidade
Acessibilidade