Prefeitura fiscaliza Centro de Tratamento e Processamento de Resíduos

0

A Secretaria de Meio Ambiente de Marituba (Semma) esteve no Centro de Tratamento e Processamento de Resíduos de Marituba (CTPR) para uma diligencia de fiscalização do aterro sanitário depois de denúncias de moradores de que o odor do aterro esteva chegando às residências. A fiscalização foi feita pela equipe de agentes ambientais da Semma acompanhados da secretária de meio ambiente, Marília Mello.

Durante a vistoria, os agentes ambientais fizeram um levantamento para identificar se as operações do aterro sanitário estão de acordo com as condicionantes estabelecidas na licença ambiental concedida à empresa Guamá Tratamento de Resíduos Ltda pela Secretaria de Estado de Meio Ambiente (Sema)em 2009.

A Semma deu um prazo de 48h horas úteis para a empresa apresentar um relatório das ações do CTPR apresentado as medidas usadas para o tratamento correto do lixo, como a seleção do lixo, o tratamento do chorume, a impermeabilização do solo para proteger os lenções freáticos e também os rios que passam próximo do aterro. Umas das condicionantes da licença é a produção do relatório trimestral sobre as atividades do CTPR que devem ser apresentado à Semma. Caso o prazo não seja cumprido a empresa será autuada e multada.

COMPARTILHAR:

Os comentários estão fechados.


Acessibilidade
Acessibilidade