Prefeitura de Marituba e Governo do Estado querem acelerar criação de Parque Industrial

0

 

Com a finalidade de retornar as ações para a implantação do Parque Industrial de Marituba, o prefeito Mário Filho, acompanhado do presidente da Companhia de Desenvolvimento Industrial de Marituba (Codim), Edmilson Campos e o adjunto, Carlos Ledo, participaram de uma reunião com o titular da Secretaria Estadual de Desenvolvimento Econômico, Mineração e Energia (Sedeme), Iran Lima, na tarde da última terça-feira (19), na sede do órgão.

Durante o encontro, o prefeito Mário Filho apresentou o projeto do empreendimento que será construído na rodovia PA-150, à altura do km 4 da Alça Viária. O atual gestor municipal também destacou que as obras iniciarão após a liberação da área. “Iremos iniciar as obras a partir do momento que tivermos o aval dos órgãos responsáveis, pois já recebemos mais de 64 cartas de empresas com a intenção de se instalarem no distrito industrial, assim, gerando emprego e renda para os nossos munícipes”, enfatizou.

O secretário Iran Lima mostrou interesse no projeto e reputou a criação do Parque Industrial de Marituba, como um dos mais estratégicos em logística e mobilidade urbana para empreendimentos industriais. “Queremos acelerar o apoio institucional do governo estadual à iniciativa’’, afirmou Iran Lima, referindo-se ao indispensável envolvimento da Companhia de Desenvolvimento Econômico do Pará (Codec), que junto com a Codim, de Marituba, estarão responsáveis em deslanchar a iniciativa de fomento ao setor produtivo.

Segundo o presidente da Codim, Edmilson Campos, o futuro Parque Industrial será divido em polos distintos. O primeiro será o logístico, concentrando empresas transportadoras, o que deve desafogar o tráfego de veículos pesados na entrada e saída da capital paraense. O espaço terá ainda outros três polos: o polo moveleiro, o polo de confecções e o polo de produtos naturais.

“No polo moveleiro temos como trabalhar com MDF, HDF, tudo madeira certificada. O polo de confecções tem forte tradição local e o polo de produtos naturais dará destaque para os nossos recursos naturais a partir das indústrias do cacau, da castanha-do-Pará, do açaí, do dendê, de perfumes’’, concluiu Edmilson Campos.

Texto: Paulo Ricardo Rezende, com informações da Ascom Sedeme

Revisão: Joana Santos

Fotos: Ascom Sedeme

COMPARTILHAR:

Os comentários estão fechados.


Acessibilidade
Acessibilidade