Paciente recebe alta do hospital e emociona profissionais de saúde de Marituba

0

 

Profissionais de saúde de Marituba registraram na manhã deste sábado (02) mais uma história de cura de uma paciente que deu entrada há mais de sete dias, no Hospital de Urgência e Emergência Dr. Augusto Chaves Rodrigues, com complicações em decorrência do novo coronavírus. Ao receber alta, Maria Vera Lúcia, de 46 anos, foi recebida com uma salva de palmas, emocionando a todos os profissionais de saúde presentes e que estão na linha de frente do combate à Covid-19.

Segundo a enfermeira Sônia Lima, a paciente reside no município e chegou ao hospital com todos os sintomas da doença, apresentando desconforto respiratório e dor de cabeça. “Prontamente, foi colocada numa maca para fazer raio X cujo resultado foi sugestivo de Covid-19. Além disso, apresentou saturação de oxigênio no sangue de 89”, relatou a profissional, ao informar que a paciente teve que respirar com ajuda de aparelho de oxigênio durante todos os dias que esteve no hospital.

Ela disse que não há como não se emocionar em situações de cura como essas. “É muito gratificante quando a gente consegue reverter uma situação e salvar a vida de um paciente e, principalmente, quando ele recebe alta e agradece a toda equipe. Isso é muito emocionante pra nós que estamos na linha de frente dessa doença”, contou.

O Hospital Dr. Augusto Rodrigues é referência no município para casos clínicos de urgência e emergência que exigem internação de pacientes oriundos das Unidades de Pronto Atendimento (UPAs) da Região Metropolitana de Belém e outros municípios próximos, por meio da Central de Regulação de Marituba. Com o avanço da epidemia no Pará, o hospital passou a receber cerca 90% de casos de pacientes infectados por coronavírus que necessitam de internação.

A paciente recebeu todo cuidado da equipe médica que realiza um trabalho humanizado no hospital. Ela deixou de respirar sem oxigênio um dia antes para ver se tolerava ficar 24 horas sem a ajuda do aparelho. Avaliada pelo médico neste sábado (02), recebeu alta, mas seguirá com medicamentos para tomar em casa.

 

COMPARTILHAR:

Os comentários estão fechados.


Acessibilidade
Acessibilidade