Nota de Esclarecimento

0
A Prefeitura Municipal de Marituba lamenta o episódio relatado por Meiri Gomes que afirma ter sido impedida de entrar com o carro adesivado nas dependências da Secretaria Municipal de Saúde, onde se dirigiu para buscar remédio para o filho.
O funcionário do órgão, agiu de forma equivocada em relação a orientação dada referente a propaganda eleitoral. Como consta na gravação feita pela mesma, em nenhum momento o servidor foi descortês. Apenas teve excesso de zelo baseado no princípio da razoabilidade, de que nenhum veículo plotado com propaganda eleitoral – independente do partido ou candidato- ingresse nas dependências de setores da gestão Municipal.
COMPARTILHAR:

Os comentários estão fechados.


Acessibilidade
Acessibilidade