Famílias de Marituba participam de pesquisa sobre nutrição infantil

0

 

O município de Marituba é uma das sete cidades paraenses a participar do Estudo Nacional de Alimentação e Nutrição Infantil (Enani), uma iniciativa que visa acompanhar o crescimento de crianças na faixa etária de 0 a 5 anos. O estudo é realizado pela Universidade Federal do Rio de Janeiro (UFRJ), em parceria com o Ministério da Saúde e Conselho Nacional de Desenvolvimento Científico e Tecnológico (CNPq), e recebe o apoio da Secretaria de Estado de Saúde Pública (Sespa) e das Secretarias Municipais de Saúde dos municípios participantes.

Em Marituba foram selecionados 80 domicílios, onde os técnicos do Laboratório Amaral Costa realizarão as visitas nas residências dos participantes para entrevistar os pais ou responsáveis, pesar e medir as crianças e mães, além de coletar o sangue das crianças para analisar as taxas de hemoglobina, ferritina, proteína C reativa, zinco, selênio, vitaminas A, D, E, B1, B12, B6 e folato.

Os resultados dos exames irão compor a epidemiologia das deficiências de micronutrientes em crianças menores de cinco anos. Os participantes receberão os resultados por e-mail, aplicativo de mensagem instantânea ou correios. Caso sejam encontradas alterações nesses resultados, a família será orientada a buscar atendimento em uma das unidades de saúde do município.

Agentes Comunitários de Saúde de Marituba darão apoio nas atividades, informando a população acerca da importância do estudo no município para a implementação de ações de políticas públicas destinadas à área.

De acordo com a Coordenadora de Nutrição da Secretaria Municipal de Saúde de Marituba, Selma Martins, a população do município só tem a ganhar com o desenvolvimento das atividades de pesquisa. “Com essa pesquisa, iremos avaliar os hábitos alimentares das famílias do município e observaremos de que forma a nossa cultura e nossas escolhas geram impactos na saúde das crianças”, disse. “Contamos com a colaboração de todos os munícipes para que a pesquisa seja concluída com êxito e oportunize a reformulação nas séries de ações e programas no país”, finalizou.

O Enani dispõe de atendimento telefônico gratuito para tirar dúvidas: 0800 808 0990, tem site e também perfis nas redes sócias com todas as informações sobre a pesquisa.

COMPARTILHAR:

Os comentários estão fechados.


Acessibilidade
Acessibilidade