Escola da Paz melhora a vida de professores e alunos

0

Respeitar o professor e ter disciplina e responsabilidade. O assunto, que tem sido tema recorrente em reportagens sobre a insatisfação dos professores em sala de aula, está sendo abordado com estudantes de Marituba pelo Grupamento da Ronda Escolar (GRE) da Guarda Municipal, que desenvolve nas escolas o projeto Escola da Paz. No primeiro semestre a Escola Laura Falcão recebeu o projeto piloto onde 33 alunos participaram das paletras, oficinas e passeio educativo. Todos receberam o certificado de participação como incentivo. Agora, no segundo semestre, o projeto se estendeu às escolas Emilia Clara, Geracinda Begot, Nadeia Guimarães e Maria do Carmo.

O objetivo da Guarda Municipal, que já vem trabalhando com essa proposta desde o ano passado, é desenvolver o trabalho preventivo e de combate às drogas dentro das escolas, através das palestras em sala de aula e de rondas constantes nas proximidades das escolas.  Os temas trabalhados em sala de aula são drogas, bulling, família e cidadania, Estatuto da Criança e do Adolescente (ECA) e educação no trânsito. Este último será ministrado pelos agentes de trânsito do munícipio.

Para o comandante da Guarda Municipal, Capitão Moraes, essa iniciativa tem sido proveitosa para os alunos e para o bom desempenho da educação escolar. “Nosso objetivo, além de levar segurança como guardas municipais, é também ampliar o conhecimento desses alunos para coisas que não são rotineiras no ensino da sala de aula, como, por exemplo, como dizer não às drogas” diz a comandante da GM.

As mudanças no comportamento dos alunos que participam do projeto são visíveis aos olhos de quem acompanha de  perto. É o caso da dona de casa Maria Elidalva, que tem duas netas que participaram do Escola da Paz. “Ver a  Guarda Municipal participando ativamente na educação dos alunos é muito gratificante. Minhas netas sempre chegavam com coisas novas para contar em casa, deixaram de falar palavrões e serem respondonas”, conta dona Maria, que mora em frente a Escola Laura Falcão há 22 anos. Segundos os professores, os alunos também se mostraram mais responsáveis com as atividades escolares e estão mais atentos às disciplinas.   

O Escola da Paz acontece até dezembro, quando termina o período letivo. Ao final, os alunos farão um passeio coletivo no Museu Emílio Goeldi e receberão certificados. 

COMPARTILHAR:

Os comentários estão fechados.


Acessibilidade
Acessibilidade